Perito araucariense é homenageado na edição 2023 do Prêmio Edmound Loucard

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O perito forense de Araucária, Elifaz Félix Nogueira, já premiado em 2022 como aluno destaque do IN.P.A.T. Forense, por ter criado um pó de revelação de impressões digitais latentes, recebeu novamente o Prêmio Edmound Locard.

Dessa vez pela publicação de um artigo científico sobre esse pó de revelação, e também por ter participado de um caso de repercussão nacional, como consultor criminal do Cidade Alerta.

A premiação aconteceu no sábado (14/10), em Guarulhos (SP), e reuniu alguns dos maiores nomes da perícia forense, como a tanatopraxista Caroline Maluf, o especialista em defesa pessoal e fundador do Krav Magah Caveira Wesley Gimenez, o especialista em neuromicro – expressões faciais e comportamento não verbal Victor Santos do Canal Metaforando, dentre outros.

“Estou muito feliz por ter conseguido avançar tanto em tão pouco tempo. Sou perito em Papiloscopia e Grafotécnica Forense e especialista em investigação em Cena de Crime e pude estar ao lado de grandes autoridades da área, tendo a oportunidade de compartilhar minha experiência. Também foi uma grande honra poder representar nossa cidade em tal solenidade”, disse Elifaz.

Além de receber a homenagem, o perito araucariense foi convocado para ser embaixador do Instituto de Perícias e Assistentes Técnico Forenses – IN.P.A.T. Forense no Paraná.

Edição n.º 1385

Compartilhar
PUBLICIDADE