fbpx

Investigações apontaram o padrasto Jeferson Aparecido Correia como o abusador da enteada. Ele teve a prisão decretada e está foragido

A Delegacia de Polícia Civil de Araucária concluiu o inquérito sobre o abuso de uma menina de apenas 12 anos, e pediu a prisão do padrasto Jeferson Aparecido Correia, por estupro de vulnerável. Segundo levantado durante as investigações, os abusos aconteciam quando a mãe da vítima estava trabalhando. Laudos do IML e psicológicos apontaram a ocorrência de violência sexual. Com isso, o delegado Tiago Wladyka representou pela prisão de Jeferson, que foi decretada.

Com o mandado em mãos, policiais civis foram até a residência de Jeferson e não o encontraram. No endereço, ninguém soube informar o seu paradeiro e ele passou a ser considerado foragido da justiça.

Qualquer informação que possa levar ao paradeiro de Jeferson Aparecido Correia deverá ser repassada à Delegacia de Araucária nos números (41) 3641-6000 e (41) 9 8718-6689.

Polícia Civil de Araucária conclui inquérito sobre estupro de menina de 12 anos, O Popular do Paraná
Foto – divulgação

Texto: Redação

VEJA TAMBÉM

Valdecir Santos visita prefeito Hissam

O pré-candidato a deputado estadual falou com o prefeito sobre bandeiras que pretende defender na Assembleia Legislativa O pré-candidato a deputado estadual Valdecir Santos esteve

Compartilhe