A disputa pelo tráfico de drogas é a principal linha de investigação referente ao assassinato de Eduardo Kielt Pires, 34 anos, ocorrida na tarde de terça-feira, 5 de abril, na marginal da Rodovia do Xisto, em frente à empresa Cocelpa, no jardim Alvorada. Segundo a Delegacia de Araucária, Pires é morador de Campo Magro e teria marcado um encontro no local, possivelmente com o próprio executor. Ainda de acordo com a DP, todas as evidências apontam para uma execução relacionada ao tráfico. O assassino chegou a pé, conforme relatos de testemunhas, se aproximou, e atirou diversas vezes contra o rosto da vítima, deixando-a praticamente desfigurada. Alguns tiros também atingiram a região do tórax.

“Dentro do carro foram encontrados documentos de um outro indivíduo, que tem envolvimento com o tráfico de drogas e o carro em que a vítima estava, o veículo Audi Q3, está em nome de outra pessoa”, explicou a investigação. A DP informou que novas testemunhas deverão ser ouvidas para o desfecho das investigações.

Foto – Marco Charneski

Texto: Assessoria

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp