Procon Araucária recomenda que comércios suspendam venda de petisco suspeito de intoxicar e matar cães

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O Procon Araucária emitiu uma recomendação administrativa nesta sexta-feira, 9 de setembro, para todos os pet shops, agropecuárias e outros comércios locais que comercializam alimentos para animais. O foco é suspender imediatamente a venda dos produtos da marca Bassar Pet Food, por suspeita de intoxicação e morte de cães.
“Os produtos produzidos pela Bassar e revendidos por outras marcas, a exemplo do Snack Cuidado Oral, Every Day, Dental Care, entre outros, devem ser recolhidos até a conclusão das investigações pela Polícia Civil de Minas Gerais, estado onde foram registradas as primeiras mortes de cães. Os estabelecimentos também devem devolver o dinheiro aos consumidores que, nos últimos 30 dias, eventualmente tenham comprado esses alimentos que estão sob investigação, ressaltando o direito de regresso em face da empresa Bassar Pet Food”, explicou a diretora do Procon local, Sâmara Arruda.
Ainda de acordo com ela, as cartas de recomendação começaram a ser entregues nesta sexta e a previsão é concluir esse trabalho na próxima segunda-feira (12).

Entenda o caso
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento identificou irregularidades envolvendo uma das fornecedoras de matéria-prima para a Bassar Pet Food, rede de produtos para animais, e mandou suspender o uso de parte dos ingredientes fabricados por essa empresa. O governo já havia determinado o recolhimento nacional de todos os lotes de mercadorias da Bassar após a morte de ao menos nove cachorros em São Paulo e em Minas, por suspeita de intoxicação ao consumir petiscos da marca.
Além de São Paulo, Minas e Distrito Federal, mais sete estados já tem relatos, segundo as investigações da Polícia Civil mineira, e os óbitos de cães no Brasil já chegam a 48.
A Bassar Pet Food, responsável pelos petiscos destinados a cachorros com suspeita de contaminação, fará recall de todos os produtos comercializados pela marca.

Procon Araucária recomenda que comércios suspendam venda de petisco suspeito de intoxicar e matar cães<br>
Procon Araucária recomenda que comércios suspendam venda de petisco suspeito de intoxicar e matar cães
1
Compartilhar
PUBLICIDADE