Pesquisar
Close this search box.

Professora cria “cartão fidelidade” para incentivar a leitura de crianças e adolescentes

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Incentivar o hábito da leitura em crianças não é uma tarefa fácil, ainda mais na “era digital”, onde os smartphones, computadores e videogames dominam os corações da garotada. É preciso pensar em formas criativas e divertidas que incentivem as crianças a ler e nesse contexto, a professora Sueli Martins, da Escola Municipal Professora Azuréa Busquette Belnoski, no Jardim Tupy, criou o “Leitucard”, uma espécie de cartão fidelidade de leitura.

“O Leitucard está sendo desenvolvido com o objetivo de promover o gosto, o prazer e o hábito da leitura entre os nossos estudantes. A leitura estimula a criatividade, a imaginação e a capacidade de concentração, além de melhorar o vocabulário e ampliar a habilidade na escrita. O projeto é uma estratégia pedagógica para incentivar os alunos nas visitas à biblioteca e no exercício da leitura, para que assim percebam que este hábito está presente no seu cotidiano e através dele se desenvolvam como cidadãos capazes de fazer sua própria leitura de mundo”, contou a professora.

A proposta funciona da seguinte forma: todo aluno recebe um cartão e a cada tarefa de leitura finalizada é colada uma espécie de marcador atrás deste, quando o aluno completa dez bolinhas ele recebe uma premiação. Como o projeto ainda está em fase experimental, apenas as turmas dos terceiros, quartos e quintos anos do Ensino Fundamental estão participando, mas a equipe da escola conta que pretende ampliar o projeto para todos os alunos da unidade.

Ainda de acordo com a professora Sueli, o projeto vem trazendo bons resultados, as turmas participantes já registraram mais de 100 empréstimos de livros na biblioteca da escola, fora as leituras realizadas dentro de sala de aula. “Os estudantes reagiram positivamente a iniciativa, inclusive fazendo indicações de livros que já tinham lido anteriormente para os colegas. Para nós professores é um desafio conquistar o gosto do aluno pela leitura, então essa troca com os colegas facilita esse processo, pois se torna uma atividade criativa e divertida”, finalizou.

Bate papo com o escritor

E não são apenas os professores da escola que buscam incentivar esse hábito, o autor Anderson Novello presenteou os alunos da turma B do terceiro ano, com exemplares autografados do seu livro “O pintinho ruivo de raiva.” Os alunos adoraram a surpresa e estão se preparando para entrevistar o Anderson no dia 4 de julho, durante uma visita que ele fará na escola para conhecer os alunos e comentar sobre o livro. “As crianças escreveram uma carta coletiva para convidá-lo a visitar nossa escola e estão se preparando para este momento, elaborando perguntas para fazer ao escritor. Após a finalização da leitura do livro doado, as crianças estão tendo a oportunidade de conhecer outras obras do mesmo autor, como ‘A Estranha Pulga do Planeta Rex’; ‘Filomenos, o cabrito aflito’; ‘A bruxa do batom borrado’; ‘Os adoráveis bilhetinhos da professora Ada’; ‘As três tias de Matias’ e ‘Carta para tia Tita’, de modo que tenham ainda mais repertório para conversar com o autor”, contaram as professoras Liliane Patrícia e Claudete Rosa.

Nina Santos.

Edição n. 1367