Projeto AmarMentar

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O mês de agosto é dedicado à divulgação e incentivo do aleitamento materno. Agosto Dourado é o nome dado à campanha e está relacionado ao padrão ouro da qualidade do leite materno. Em 2022 a campanha nacional traz a temática “Apoiar a amamentação é cuidar do futuro”.
O processo de amamentação é extremamente importante, tanto para o bebê quanto para a mãe, não apenas pela qualidade nutricional do leite, mas também pela relação de afeto e amor que se constrói entre eles desde o ventre. De acordo com María Novo (2009), “Não era preciso que insistisse no fato de que o leite materno é o melhor e que defende os bebês das doenças (isso já sabíamos), mas nos fez pensar, que, no momento da amamentação, ocorre um acúmulo de sensações corporais que vocês, os pequerruchos, percebem muito claramente: cheiros, calorzinho, abraço amoroso. Faz parte de um ritual em que o bebê vai se sentindo seguro e amado. Essa segurança e esse efeito o acompanharão sempre”.
Assim, o período de amamentação é mais do que apenas alimentar o bebê para mantê-lo vivo e suprir suas necessidades básicas, mas sobretudo é um momento de contribuir na formação integral, nutrindo o corpo e também as emoções, garantindo o seu pleno desenvolvimento.
Toda mãe tem direito a amamentar seus filhos; vale ressaltar que esse ato tão importante abrange toda forma de amamentação, seja no seio materno ou na mamadeira. Por isso os espaços públicos precisam ser organizados para garantir esse direito, em que a mãe, o pai ou os responsáveis tenham acesso a um lugar devidamente preparado para essa ação.
Pensando nisso, a SMED, por meio do Departamento de Educação Infantil, tem desenvolvido o Projeto AmarMentar, com objetivo de promover o acolhimento, apoio e incentivo às famílias, garantindo maior qualidade de vida dos bebês e crianças.
Dentre as ações que estão sendo desenvolvidas, podemos citar a formação continuada com algumas Unidades Educacionais, as campanhas de sensibilização e a entrega das poltronas de amamentação aos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), as quais fazem parte do mobiliário do espaço que está sendo organizando para receber tanto as famílias das crianças matriculadas, quanto a comunidade como um todo, que necessita ocasionalmente de um espaço para realizar a alimentação dos bebês e/ou crianças por meio do aleitamento, seja ele materno ou fórmula.

Projeto AmarMentar
Compartilhar
PUBLICIDADE