Pesquisar
Close this search box.

SMED orienta escolas a evitar conteúdo duvidoso em apostila escolar entregue pelo Estado

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seed), entregou no mês de abril, materiais de apoio a redes municipais de ensino do Paraná, dentro do programa Educa Juntos. Trata-se de um material complementar de apoio didático aos anos iniciais do ensino fundamental. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (SMED), apesar de o material ser ótimo, teve uma falha séria apontada por algumas escolas que já estão utilizando-o com seus alunos.

“Fomos procurados por algumas escolas na última quinta-feira (18/05), alertando para uma atividade que consta na apostila, que trazia um texto diferente do que conhecemos desta parlenda. Ao fazermos uma primeira análise, sem aprofundá-la, achamos melhor alertar a rede municipal até conseguirmos uma resposta do Núcleo de Formação da SEED, resposta esta que ainda não chegou”, explica a SMED Araucária.

A secretaria disse ainda que informou as escolas que existe um alerta das Equipes para Educação das Relações Étnico-raciais (Equipes ERER) em relação ao material Educa Juntos do 1° ano de Língua Portuguesa, constante na página 24, referente a versão publicada da conhecida parlenda “Macaca Sofia”.

“Entre as orientações repassadas às direções das unidades escolares, solicitamos que este material não seja enviado para casa e pedimos que fosse colada uma nova versão da parlenda sobre a disposta no material. Destacamos que este material foi elaborado externamente, porém já enviamos manifestação sobre o ocorrido aos responsáveis”, acrescentou a SMED.

Edição n. 1364