SMED tem tudo preparado para receber as crianças nas unidades educacionais

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Secretaria Municipal de Educação (SMED) já está com tudo pronto para receber os alunos de volta às salas de aula na próxima segunda-feira (06/02). Das quase 18 mil crianças, 8.101 são da Educação Infantil (CMEIs) e 9.363 do Ensino Fundamental. Para abrigar este número de estudantes, a rede municipal dispõe de 75 unidades educacionais, entre 32 escolas, 38 CMEIs e os 5 Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializados (CMAEEs). 

Para o atendimento direto desse grande público, a rede tem 823 professores da educação infantil, 1.194 professores docência I, 227 professores docência II e 156 pedagogos. Segundo a SMED, o retorno não contará com reforço de novas unidades de ensino, porém o Município aguarda a entrega das chaves da construção do CMEI Profª Alice Montrezol (antigo Industrial), o que deve acontecer ainda no mês de fevereiro.

A secretaria também ressaltou que todas as crianças em idade escolar contam com vaga garantida desde 2019. “Em relação às crianças da etapa creche (0 a 3 anos), estão sendo realizados os chamamentos conforme a lista de espera”, explicou.

E ainda sobre a limpeza e conservação das unidades educacionais, a SMED comentou que assim que reabrirem receberão o cronograma de atendimento para roçadas, dedetização, desratização e limpeza de caixa d’água.

Lista de materiais

Conforme a SMED, as unidades enviaram para todas as famílias a listagem com os materiais necessários para o ano e os pais ou responsáveis legais pela criança que tiverem dificuldade para adquiri-los, devem procurar a direção para orientação em relação a essa demanda.

Com relação à compra de uniformes para as famílias que não tem condições, o Município não oferece esse suporte, porém as próprias escolas geralmente fazem campanhas de doação entre os ex-alunos, para que doem seus uniformes. A SMED reforça a importância do seu uso, para identificação do estudante.

Dicas par a família

Para um retorno tranquilo e saudável, a SMED ainda recomenda que os pais conversem diariamente com seus filhos, principalmente incentivando a socialização e a escolarização. “Os pais também devem estabelecer uma rotina diária para realização das atividades de casa com horários fixos, ler diariamente com os filhos, ajudar a criança encarar os desafios e, principalmente, não discutir problemas da escola/CMEI/CMAEE na frente dos filhos.  Por fim, as unidades educacionais devem ser espaços que transmitam segurança e acolhimento”, disse a secretaria.

Compartilhar
PUBLICIDADE