A importância da leitura na primeira infância

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Por que lemos para as crianças?


Porque sabemos que essas leituras permitem que elas determinem algo fundamental para si: a descoberta de que os textos são coisas que tem um sentido, uma pluralidade de sentidos, e que cada sujeito deve trabalhar um pouco para chegar a construir o sentido em seu espírito.
Quando o adulto lê para a criança e estimula que ela manipule livros literários, está motivando-a na ampliação progressiva de seu vocabulário, pois as experiências leitoras lhe dão acesso a uma infinidade de palavras e seus significados.


A leitura contribui para que a criança adquira diferentes sentidos e desenvolva sua imaginação, criatividade e senso crítico, no que diz respeito ao conhecimento de si, do outro e do mundo. Nessa perspectiva, considera-se essencial que a família, as Unidades Educacionais e a sociedade planejem e proporcionem momentos de leitura de qualidade, com materiais adequados à faixa etária e que sejam capazes de envolvê-las em seu enredo.


Assim, ler uma história é “se dar em alma e olhar no fundo dos olhos daquela criança que diante de ti espera muitas vezes por um sopro real de vida por meio das palavras”, Sonia Rosa.
Considera-se fundamental para a garantia de uma boa experiência leitora:

  • o encantamento do adulto leitor: a leitura precisa ser realizada com entusiasmo pelo adulto, por isso recomenda-se o resgate de histórias que conhece e que gostava quando criança, para mostrar o encantamento presente nas histórias infantis;
  • um enredo instigante: é necessário buscar sempre materiais de leitura que tenham um enredo interessante, adequado às condições das crianças;
  • a força da imagem: as ilustrações apoiam a criança na representação mental acerca das cenas narradas pelo adulto leitor, dessa forma, orienta-se que os materiais de leitura contenham ilustrações visualmente claras e expressivas;
  • a hora certa: planejar horários de leitura na rotina auxilia na construção da familiaridade da criança com as histórias e em sua organização;
  • um espaço aconchegante: é preciso organizar o espaço cuidadosamente, garantindo que as crianças fiquem à vontade e se sintam bem.
    Pensando no desenvolvimento do comportamento leitor pelas crianças e estudantes da Rede Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Educação encaminhou às Unidades Educacionais cerca de 50 livros literários, para que os professores possam realizar a leitura e o desenvolvimento de propostas que permitam a aprendizagem, desenvolvimento e a formação da identidade dos bebês, crianças e estudantes que frequentam os CMEIs, CMAAEs e Escolas Municipais.
    Departamento de Educação Infantil
A importância da leitura na primeira infância
A importância da leitura na primeira infância 1
Compartilhar
PUBLICIDADE