Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A Câmara aprovou esta semana, em duas sessões extraordinárias, o projeto de lei de iniciativa do Executivo municipal que cria mais quatro vagas de psicológos e cinco de educadores sociais para atuar na rede de assistência social do Município.

Segundo a justificativa encaminhada pelo prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB) à Câmara, havia a necessidade de acrescer essas vagas ao quadro de servidores para que a Prefeitura pudesse aten­der a uma determinação da Vara de Infância e Juventude da cidade.

A decisão judicial estipulou prazo para que o Município preenchesse as equipes ligadas aos setores de assistência social da Prefeitura. O projeto de lei chegou à Câmara no dia 2 de junho e já esta semana os edis o colocaram para votação. A celeridade no presente caso também teve outro objetivo: criar as vagas de psicólogos antes que o concurso vigente expirasse, o que acontece em 19 de junho.

Texto: Waldiclei Barboza

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM