Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Meri e Larissa, radiantes com seus troféus. Foto: divulgação

O céu talvez seja o limite para muitos corredores de Araucária. Eles não param nunca de correr, competir e vencer, sempre desafiando a si mesmos, tentando melhorar suas marcas a cada prova. E é assim que as atletas da equipe Rodrigues Larissa Bazia e Rosimeri Aparecida da Silva encaram as competições. No domingo, 22 de setembro, elas participaram da 1ª Chop Run, corrida realizada em Araucária. Após concluírem o percurso de 5km, com muita competência, elas foram parar no pódio. Meri como campeã geral da prova e Larissa na 3ª colocação geral.

“Não existe prova muito difícil ou muito fácil, tudo depende do quanto você treina e se prepara. Eu tenho conseguido melhorar o meu tempo a cada corrida e fico feliz com meus resultados. Além da Chop Run eu corri no sábado, na Corrida Noturna Fazenda Park Nigth Run, em Fazenda Rio Grande, no percurso de 7km e fiquei em 2º lugar geral. Cada prova é uma conquista e a gente sempre procura dar o melhor, sem nunca pensar em desistir”, comemorou Larissa. Já Meri está radiante com o resultado e alega que seu tempo foi sensacional. “Foi uma prova com muitas subidas, todos acharam o percurso difícil, pois pegamos uma rampa já na largada, mas fomos em frente e chegamos lá”, festejou.

O atleta José Roberto Lambari (sem equipe), que também participou da Corrida Noturna Fazenda Park Nigth Run, ficou em 1º lugar na faixa etária 60 a 69 anos. Ele disse que foi bem, apesar de ter treinado pouco devido às chuvas e o frio intenso no decorrer da semana. “Nem na largada o mau tempo deu trégua, estava chovendo e fazia muito frio, mas consegui concluir bem”, disse.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1182 – 26/09/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM