Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A revitalização do Parque Ambiental do Passaúna ainda está longe de entrar na reta final. Quem está ansioso em ver as obras concluídas para por usufruir de um dos pontos de lazer mais importantes da cidade, que estava fechado há mais de 10 anos, terá que aguardar mais um pouco. Os serviços no parque começaram em agosto de 2018 e a previsão de término era para novembro daquele mesmo ano, mas houve atrasos no cronograma.

Nesse momento, a revitalização está parada novamente, e desta vez, segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, o motivo é a pandemia. Isso porque muitos dos recursos do Município que seriam empregados em obras, foram alocados para a Saúde, nas ações de combate ao coronavírus. Ainda de acordo com a SMMA, não há previsão de retomada dos serviços.

O projeto está previsto por etapas. Já foram feitas as pistas de caminhada, a área de estacionamento e a limpeza da área. O projeto completo prevê um pórtico, bancos, dois mirantes e quiosques com churrasqueiras. A obra utiliza recursos próprios do Município e outros provenientes de compensação, através de um Termo de Compromisso do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) com a Construtora Monte Azul, que construiu um condomínio nas proximidades do parque.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: Marco Charneski

Publicado na edição 1223 – 30/07/2020

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM