Compartilhe esta notícia
Polícia Civil prende casal de estelionatários que estavam  foragidos em Fazenda Rio Grande - notícias da Policial  - O Popular do Paraná
Casal está detido na DP de Araucária, à disposição da Justiça. Foto: divulgação

 

O casal Juliano Brusch, vulgo Bruxo e Vanessa Santos Rocha Okonoski, suspeitos de praticarem uma série de golpes em Araucária, foram presos na tarde desta segunda feira, 17 de junho, na cidade de Fazenda Rio Grande. Juliano Brusch foi preso pela Polícia Militar daquela cidade, com um veículo Jetta Preto, que estava bloqueado por ordem judicial. Como Bruxo tinha contra si um mandado de prisão, solicitado pelo delegado local Tiago Wladyka, foi encaminhado para a delegacia.

Com a prisão de Bruxo, foi fácil chegar à esposa Vanessa. Na tarde desta terça-feira, 18, policiais civis de Araucária fizeram diligências e conseguiram prender a mulher, após localizarem uma residência onde ela estava. Vanessa também foi conduzida à delegacia.

Em um dos golpes, uma das vítimas chegou a vender seu veículo, um Fiat Strada, para o casal, pelo valor de R$ 18.000,00. Além do veículo, o proprietário também assinou uma procuração para que Juliano pudesse vender o veículo a uma terceira pessoa. Bruxo recebeu o veículo e foi com a vítima até o banco para efetuar o depósito no caixa rápido. Contudo, o envelope estava vazio, o que posteriormente levou o banco a estornar o valor depositado, por inexistência do dinheiro. Como estava com a procuração para venda do veículo, Juliano e Vanessa venderam o automóvel para uma terceira pessoa, que também foi considerada pela polícia como vítima, porque pagou pelo bem o valor de R$ 11.000,00. Uma vez lesadas, as vítimas procuraram a Delegacia de Araucária para que providências fossem tomadas. Os policiais civis conseguiram recuperar o veículo e identificar os estelionatários. O casal está preso na Delegacia de Araucária, à disposição da Justiça.

Segundo as investigações, Juliano Bruxo tinha mais de 12 passagens por estelionato e Vanessa também responde processos por estelionato.

Publicado na edição 1168 – 19/06/2019

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio