Uma horta na escola vai muito além de ser um simples recurso didático. São diversos benefícios que esse tipo de projeto pode proporcionar, uma vez que através da horta é possível trabalhar a realidade e aproximar os alunos de questões que fazem parte do meio social, como a preocupação com os recursos naturais. O contato das crianças e jovens com a terra, as plantas e hortaliças também melhora sua relação com a natureza e contribui para a conscientização sobre os impactos das suas ações no meio ecológico. Outra importante contribuição está relacionada ao aprendizado sobre alimentação e nutrição.

Focado nesses objetivos, o Colégio Estadual Professora Ana Maria Vernick Kava, na área rural do Tietê, iniciou o projeto “Horta da Escola”, que foi desenvolvido pelo professor Luan, da disciplina de Ciências. “Ciências é a disciplina que permite explorarmos bastante o ensino lúdico e colocarmos em prática o que o aluno estuda em sala de aula. Nesse projeto, que conta com apoio da equipe gestora e da comunidade escolar, as crianças e jovens desenvolvem práticas de manejo e cultivo, além de participarem ativamente de todo o processo de formação de uma horta. Os produtos cultivados na horta são incorporados na merenda dos estudantes”, explica o educador.

O professor conta que através do projeto, os alunos podem aprender muitos conteúdos como a ação dos microorganismos decompositores, a utilização de defensivos biológicos. Além disso, ele ressalta a importância de incentivar os alunos a seguirem uma alimentação saudável, pois essa prática pode ser reproduzida em casa, junto com os familiares. “O projeto está só começando, mas é gratificante ver o engajamento dos alunos e a alegria por estar em contato com a natureza”, comentou Luan.

Foto – divulgação

Texto: Assessoria

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp