O que dizer da notícia veiculada na capa d’O Popular de terça-feira, dia 3, sobre a bomba que explodiu na Repar?
 

 

A) Parece que as primeiras investigações já confirmaram que a responsável pelo artefato foi à organização terrorista Camaçarieda, que luta pela libertação dos milhares de baianos que trabalham em grandes obras Brasil afora;

B) “Oxe…, nera bomba…, não… menino. Nós tava é fazendo fogo pra se esquenta que esta cidade é friiaa dimais, i o negócio expludiu…”, teria dito um peão quando leu o jornal;

C) As primeiras investigações dão conta de que o artefato foi deixado no local ainda na parada da Repar de 2006 e só agora explodiu… sabe como é baiano…devagar…

D) Huumm… alguma possibilidade de conseguirmos ligar a explosão da bomba com o Zezé ou a Prefeitura? Não, né! Bem, fica pra próxima então!
 

VEJA TAMBÉM

Compartilhe