Ciclista que já viajou pelo país visita Araucária

O ciclista chegou ao município na última quarta-feira, 13 de agosto
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
O ciclista chegou ao município na última quarta-feira, 13 de agosto
O ciclista chegou ao município na última quarta-feira, 13 de agosto

Um acidente de carro mudou a vida de Carlos Henrique Ribeiro. Aos cinco anos de idade, o garoto ficou órfão de pai e mãe e, sem ninguém que o ajudasse, precisou conhecer a realidade da forma mais difícil. “Não tive oportunidade de estudar, mas sempre tive sonhos”, conta. Por isso, aos 38 anos de idade, ele decidiu deixar a cidade de Rincão, no interior de São Paulo, para ingressar em uma aventura pelo país. “Eu consegui uma bicicleta, e estava disposto a viajar por todo o Brasil com ela”, recorda.

Os primeiros meses foram repletos de dificuldades, e Carlos precisou aprender a lidar com insultos, indiferença e palavras de desânimo. “Eu passei por muita humilhação e sofri diversas críticas, mas uma parada num posto de gasolina em 2005 mudou minha situação”. Nesse posto, o rapaz encontrou o senhor Carlos Wizard Martins que, na época, era o dono das Escolas de Idiomas Wizard. “Nós conversamos, e ele me deu a missão de passar por todas as cidades do país espalhando minha história de superação e incentivando o esporte”, conta.

Com o patrocínio, o atleta conseguiu fazer a viagem tão sonhada, aprendeu a ler e a escrever, e não parou mais de rodar pelo país. “Já tive a oportunidade de conhecer todos os estados do Brasil, diversos países da América Latina, e estou em Araucária pela 2ª vez”, conta Carlos, que chegou ao município na última quarta-feira, 13 de agosto.

07  esporte pb copy
Em Araucária

Aqui, ele realizou sua palestra de motivação na Escola Municipal Nadir Nepomuceno e na Senador Marcos Freire na quinta e hoje passará no Colégio João Paulo e no Juscelino Kubitschek. Além disso, já passou pela Wizard da cidade trazendo saudações da rede. “Nossa marca é uma incentivadora dos esportes porque, assim como acontece em todas as modalidades, também é necessário ter foco e objetivos definidos para aprender uma segunda língua. Então, é muito bom conhecer uma história tão motivadora como a do Carlos”, comenta Valéria Serrato, proprietária da escola araucariense.

Depois de promover as palestras e contar um pouco a respeito dos desafios que superou, Carlos também aproveitou para conseguir a bandeira municipal. “Eu tenho o objetivo de arrecadar bandeiras de todos os municípios e capitais brasileiras para forrar o Estádio do Maracanã nas Olimpíadas de 2016. Já tenho mais de 1.500 e vou chegar à marca de 4.300”, adianta. “Com a ajuda de Deus e muita coragem, esse é mais um objetivo que eu vou cumprir”, finaliza.