Conforme havia prometido, o secretário de Saúde Josué de Oliveira Kersten (PPS), foi pessoalmente ao pronto atendimento NIS 3 atender os pacientes que procuraram o local em busca de socorro.

Josué, que é pediatra, atendeu na sexta-feira, dia 22 e no sábado, dia 23. Porém, mesmo com a presença do secretário, os pacientes ainda tiveram que esperar muito tempo para serem consultados. Foi o caso da dona de casa Liamar Slusarz. Ela deu entrada no pronto atendimento com o filho Márcio, de apenas 8 anos, passando mal, às 12h45 de sábado. Só saiu de lá às 18h30, com a receita na mão assinada e carimbada por Josué. Assim como Liamar, outras dezenas de pessoas esperaram por horas para serem atendidas.

Solução
Enquanto dava plantão, o secretário de Saúde garantiu que esta semana a situação no NIS deve melhorar. “Vamos contratar 17 médicos através de RPA, como se fossem prestadores de serviços autônomos, para suprir esta carência até que os novos concursados assumam”, prometeu.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe