A carateca Emilly Amorim Cordeiro, 17 anos, já está em Guaiaquil, no Equador, onde participa do Campeonato Sul-americano de Karatê. Defendendo a Seleção Brasileira da modalidade, Emilly fará sua primeira luta nesta sexta-feira, 22 de abril. Ela disputa na categoria Junior 48kg e se conseguir medalha, garantirá vaga para o Pan-Americano.

A jovem araucariense detém vários títulos no karatê e pretende trazer mais um para sua coleção. Entre as competições estaduais que disputou, Emilly foi campeã paranaense de 2010 a 2020 (kumite) e campeã paranaense de 2010 a 2015 (kata).

Já disputou seis edições do Campeonatos Brasileiro, ficou em 3º lugar em 2015, foi campeã em 2016, 3º lugar nos anos de 2017, 2018, 2019 e 2020. Foi classificada como atleta reserva da seleção brasileira entre 2017 a 2020, ficou em 1º lugar no Open Internacional em 2018, e 2º lugar nos Jogos Escolares do Paraná e 2º lugar no Open Nacional de Joinville. 

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp