João Madruga quer se tornar um lutador profissional. Foto: divulgação

João Vinicius Pereira de Miranda, 22 anos, morador do bairro Thomaz Coelho, em Araucária. Esta parece ser a história de um jovem comum da sociedade, como qualquer outro, mas não, é a descrição de um jovem lutador, que pode se tornar uma grande promessa nos ringues de combate. João Madruga, como se tornou conhecido no mundo da luta, ainda é um amador no muay thai e no kickboxing, mas na vida, é um grande batalhador.

Lutando na categoria 55kg há cerca de um ano apenas, sua garra e dedicação já rendeu para o seu currículo oito lutas, com cinco vitórias e três derrotas. “Eu treino faz um certo tempo, mas só agora comecei a lutar em campeonatos. Fiz participações no Nação Cyborg, no Hard Combat, na Copa Boxe Tailandês, CSF Copa Shark e no Face The Danger”, diz o lutador.

Mas para João Madruga, um lutador não se destaca no meio apenas com lutas pequenas, é por isso que ele está se preparando para um grande desafio, e junto, vem a esperança de se tornar um nome conhecido no mundo da luta. “Este ano vou participar do Campeonato Paranaense de Muay Thai, que será em março. Estou me preparando muito para isso, com treinos puxados no Centro de Treinamento Team Krull na Cross Box Nutrition, em Curitiba. Quero me dedicar cada vez mais ao muay thai e ao kickboxing e consolidar minha carreira como lutador”, diz João.

Contatos com o lutador pelo fone (41) 99598-6320.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1296 – 27/01/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp