Compartilhe esta notícia
Polícia Civil de Araucária prende um dos envolvidos no latrocínio contra dono da panificadora Vovó Lili - notícias da Capa Policial  - O Popular do Paraná
Foto: Marco Charneski

O crime que culminou na morte de José Moreira da Silva, proprietário da panificadora Vovó Lili, no bairro Capela Velha, começa a ser solucionado. Na manhã desta terça-feira, 15 de dezembro, a Polícia Civil de Araucária prendeu um indivíduo identificado como um dos autores do latrocínio e também apreendeu o veículo Fiat Uno, utilizado pelos marginais na fuga. Logo após o crime, ocorrido em 27 de novembro último, a Delegacia iniciou as investigações, avaliando as imagens de segurança do estabelecimento. Após uma análise minuciosa do vídeo, foi identificado o veículo que deu fuga aos marginais e, desde então, a polícia começou a monitorar o automóvel, chegando à identificação do proprietário e de seus itinerários. Os policiais também identificaram o indivíduo como sendo braço financeiro e operacional da facção criminosa PCC, no bairro da Caximba, em Curitiba.

Com a identificação do suspeito, o delegado Tiago Wladyka representou por sua prisão temporária e por mandados de busca e apreensão nas residências do indivíduo. Os mandados foram cumpridos na manhã de hoje, pelo delegado e sua equipe, com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal de Araucária e de cães farejadores da Divisão Estadual de Narcóticos – DENARC, da Polícia Civil. Durante a operação, os policiais também encontraram no local aproximadamente 200 gramas de crack, 600 gramas de maconha e pinos de cocaína.

O indivíduo está preso temporariamente na Delegacia de Araucária, onde ficará por 30 dias, podendo a prisão ser prorrogada por mais 30 ou ser convertida em preventiva, que não terá prazo para terminar. O adolescente ficará apreendido e à disposição do Ministério Público. As investigações continuam em andamento pela Delegacia de Polícia de Araucária.

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio